Psicanálise Clínica

Tendência a exagerar em qualidade e quantidade os afetos e emoções da vida.  O Neurótico não é louco. As Neuroses podem ser tratadas de forma positiva. As neuroses podem ser:

  1. a) de conversão, com manifestação de paralisias de membros, áfona, cegueira sem motivos fisiológicos, analgesias, dores de cabeça, etc
  2. b) fobias:  medos injustificados de altura, de sair à rua, em ambientes fechados (claustrofobias) ou abertos (agorafobia)
  3. c) hipocondrias: doenças e sintomas neuróticos de doenças e necessidade de medicamentação paliativa.

Transtorno Obsessivo e Compulsivo

Idéias obsessivas invadem a mente, obrigando a pessoa a se utilizar de rituais e comportamentos repetitivos para obstruir ou “anular” os pensamentos obsessivos.

A pessoa tem períodos mesclados de depressão e euforia, seja no mesmo dia, seja em períodos mais longos.

Uma tristeza injustificada, uma Anedonia que é a falta de desejos de sair, de tomar banho, de escovar os dentes, de fazer sexo ou  se interessar por qualquer matéria, tema de leitura ou laser.

Alcoolismo e ou uso de drogas.

Diversas patologias psíquicas tais como: manias de perseguição, esquizofrenia, delírios, alucinações, transtornos diversos em que a fala embotada, confusa ou sem lógica esteja presente, ou ainda esquecimentos ou falta de memória.

Tendência a exagerar em qualidade e quantidade os afetos e emoções da vida.  O Neurótico não é louco. As Neuroses podem ser tratadas de forma positiva. As neuroses podem ser:

  1. a) de conversão, com manifestação de paralisias de membros, áfona, cegueira sem motivos fisiológicos, analgesias, dores de cabeça, etc
  2. b) fobias:  medos injustificados de altura, de sair à rua, em ambientes fechados (claustrofobias) ou abertos (agorafobia)
  3. c) hipocondrias: doenças e sintomas neuróticos de doenças e necessidade de medicamentação paliativa.

Transtorno Obsessivo e Compulsivo

Idéias obsessivas invadem a mente, obrigando a pessoa a se utilizar de rituais e comportamentos repetitivos para obstruir ou “anular” os pensamentos obsessivos.

A pessoa tem períodos mesclados de depressão e euforia, seja no mesmo dia, seja em períodos mais longos.

Uma tristeza injustificada, uma Anedonia que é a falta de desejos de sair, de tomar banho, de escovar os dentes, de fazer sexo ou  se interessar por qualquer matéria, tema de leitura ou laser.

Alcoolismo e ou uso de drogas.

Diversas patologias psíquicas tais como: manias de perseguição, esquizofrenia, delírios, alucinações, transtornos diversos em que a fala embotada, confusa ou sem lógica esteja presente, ou ainda esquecimentos ou falta de memória.